Saiba como o MEJ influencia na abertura de novos negócios!


Você já pensou em abrir seu próprio negócio?

Daian, ex-membro de uma das empresas juniores do Rio de Janeiro, utilizou sua experiência adquirida no MEJ, aliada ao seu espírito empreendedor, para abrir seu próprio negócio e impactar de forma positiva na Sociedade. Passando por várias áreas de sua empresa, ele foi capaz de criar uma visão global das possibilidades de atuação, o que o levou a decidir a área da qual poderia fazer parte. 
“Fui consultor, gerente de projetos e Diretor de Marketing da Ayra Consultoria. Entretanto, uma das experiências que mais me marcou, foi ter feito parte do Núcleo de Responsabilidade Socioambiental da minha EJ, pois foi onde eu pude conhecer e me apaixonar por essa área.”


A partir dessa experiência, Daian pode criar a Catapulta – Alavancadora de Negócios Sociais.

“A empresa é a Catapulta - Alavancadora de Negócios Sociais. A nossa atuação se dará em duas frentes: Financiamento colaborativo, que é quando várias pessoas contribuem a partir de pequenas quantias para uma causa ou projeto e Consultoria, nas áreas mais carentes da gestão de um negócio social.
A ideia nasceu em Abril e começamos a desenvolver e trabalhar no nosso modelo de negócios. Hoje já temos uma landing page no ar, um blog ativo e lançaremos a plataforma em setembro/outubro.”     
Sua equipe, hoje, conta com mais 4 pós-juniores, dos quais 3 fizeram parte da mesma empresa júnior que Daian trabalho, e outro, da IME Júnior, empresa júnior do Instituto Militar de Engenharia. Tal equipe, com experiências marcantes proporcionadas pelo MEJ, foi capaz de canalizar um aprendizado de alto valor para o seu próprio negócio.

“Além de diversas competências profissionais como foco em resultado, visão holística de uma empresa; sentimento de dono e capacidade crítica, o MEJ foi fundamental para conhecer e se alinhar com as pessoas que hoje fazem parte do nosso time e também despertar nossa vontade e interesse de impactar na sociedade de uma força diferente, por isso escolhemos trabalhar com negócios sociais.”

Após todo esse sucesso, Daian deixa um recado para os empresários juniores de todo o país.
“Aproveitem a oportunidade de ampliar a rede de contatos em todo o Brasil, se envolvam de coração, trabalhem muito, não esqueçam que cada um de nós pode fazer diferença. Se depois da EJ você tiver vontade de empreender, pense em que problema a sua empresa vai resolver e comece daí”.

Quer saber mais sobre a Catapulta Social? Confira suas mídias:












© 2016 FEJEA - Federação das Empresas Juniores do Estado de Alagoas